terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Resenha | Extraordinário



       Extraordinário foi a primeira obra da escritora norte-americana R.J. Palácio e foi lançada em 2013 aqui no Brasil pela editora Intrínseca. O livro, cujo título original é Wonder, é um drama com 320 páginas e a história é contada pela perspectiva de August e também de seus amigos. A arte da capa é na cor de azul céu com o desenho do rosto de um menino apenas com um olho. A narração de cada personagem é separada por uma página desenhada com o rosto do personagem e uma citação de outro autor.



Resumo: August Pullman nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma deformidade facial, que o fez passar por diversas cirurgias. Até os 10 anos de idade, Ele estuda em casa com sua mãe e brinca com sua irmã mais velha e sua cachorrinha, Dayse. Porém, chega o dia em que Auggie encontra um desafio que mudará a sua vida: ir para a escola. Agora sua difícil missão é convencer os amigos de que é um garoto igual a todos os outros.

                       


    August é um menino normal. Devido a síndrome genética, boa parte dos seus dias foi no hospital se recuperando de cirurgias ou se preparando para elas. Acostumado a ter poucos amigos, é compreensivo com as pessoas que estranham sua aparência. Apesar disso, Auggie é um garoto otimista, bem humorado e apaixonante! Ele não descreve sua aparência por completo, mas diz que quando sorri, quase não se nota, por causa das cirurgias. Muito inteligente, Auggie vai para a escola no quinto ano e se depara com um de seus maiores desafios que é lidar com centenas de olhares o observando. Ele é um menino muito amado e superprotegido pela sua família e por mais que tenha 10 anos de idade agora, ás vezes ainda age como um bebê, em situações difíceis. Mas na escola ele não tem sua irmã e seus pais para defendê-lo e o amadurecimento é inevitável! August é extremamente fofo e gentil.

Nate e Isabel Pullman são pais amorosos, compreensivos e sempre tentam proteger August do mundo. Assim como a filha mais velha, Via. Olívia dedica parte do seu dia para dar atenção ao menino e sempre que percebe olhares curiosos na rua fica brava e quer tirar satisfação com as pessoas. Mas ela sente falta de seus pais desde que Auggie nasceu, pois toda a atenção deles esteve sempre voltada para o menino, apesar de se sentir péssima por isso, procurando entender o lado dos pais e também do irmão.

Na escola, August conhece Summer, uma menina que tenta ver o lado positivo das coisas e aceita o amigo simplesmente como ele é. Apesar de ser bastante criticada por todos os outros colegas por andar com o menino “aberração”, ela sempre está disposta a defender e ajudar o amigo. Jack, por sua vez, se torna amigo de Auggie a pedido do Sr. Buzanfa, diretor do Ensino Fundamental II e acaba sendo influenciado pelos seus colegas, que não aceitam a amizade dos dois. Apesar de Jack gostar muito da companhia de August.

A narração da história se dá no presente e em 1ª pessoa. Por conter bastante diálogo, a leitura é rápida, leve e a linguagem de fácil assimilação. É interessante ler a história pela perspectiva de August, que é um garoto encantador, mas também pela perspectiva de outros personagens que acabam nos conquistando pelo carinho e consideração pelo amigo.

A história nos faz enxergar que apesar das diferenças somos pessoas que temos sentimentos, opiniões, pensamentos, experiências próprias e que todas as pessoas tem alguma coisa para acrescentar ao mundo e também para crescer com ele. Extraordinário nos leva a refletir sobre respeito ao próximo, aceitar as pessoas como são e acima de tudo, se aceitar do jeito que você é. O que importa não é nossa aparência e sim o que constitui o nosso caráter. Para difundir a mensagem desse livro, a autora iniciou uma campanha antibullying, no qual várias crianças já participaram.


                         


Então é isso galera! Obrigada pela visita!! Se você gostou da resenha ou do livro, deixa um comentário aqui embaixo para eu saber que você passou por aqui! Compartilha esse texto com quem você sabe que gosta de ler! E não esquece de voltar no blog para ver as novidades! :D

Grande beijo da Nat.